Resumo CIA: observação do universo

Olhar para o céu nos aproxima de nós mesmos.

Ele também é a nossa família. Nossa origem.

Sentimos um curioso vínculo ao observar as estrelas.


Olhar para o além, paradoxalmente, nos leva a olhar para dentro.


A dinâmica da vida se repete nos mais variados lugares do universo: em quasares distantes ou na intimidade de nossas células. São hologramas dentro de hologramas dentro de hologramas.

Dimensões macro e micro se interpenetram infinitamente.


A História nos conta sobre o fascínio místico de nossos ancestrais pelo céu até a ousadia das viagens espaciais e as fantásticas descobertas da Física. Esse relacionamento com os seres humanos é antigo: conversas com o sol, técnicas de plantio e navegação, alinhamento de pirâmides, círculos de pedras e até previsões do futuro.

Ao lado, postamos um vídeo com o comovente texto do professor Carl Sagan sobre humildade.


Aprender com o universo nos traz ensinamentos variados e preciosos.


Um deles diz a respeito ao quanto somos minúsculos. Um pequenino grão de areia no meio do nada. O quanto nossas preocupações são estreitas diante da vastidão do mistério. Ainda assim, somos únicos e essenciais: o universo só está completo porque nós existimos.









*** esse resumo faz parte do conteúdo do curso de introdução ao autoconhecimento.

Voltar para a página inicial

  • facebook
  • instagram